O Grupo de Estudos sobre Criatividade em Música é formado por uma equipe multidisciplinar representando as áreas de música, sociologia, pedagogia, letras, artes visuais e psicologia.  O grupo foi criado em novembro de 2017 e tem por objetivo compreender a complexidade dos fenômenos envolvidos tanto no desenvolvimento quanto na inibição da criatividade em música. Busca-se obter, assim, uma visão mais holística (envolvendo outros campos do conhecimento) sobre esse assunto. A partir da linha de pesquisa intitulada Artes musicais – processos criativos e subjetividade, o grupo se dedica aos estudos sobre os elementos que compõem os processos criativos em música, envolvendo o estudo da música em seus aspectos educacionais, psicológicos, culturais e sociais. Busca-se, nessa linha de pesquisa, compreender as relações do ato criativo no interior da subjetividade e intersubjetividade humana. Como parte dessa temática, encontra-se em andamento o projeto intitulado A liberdade como Potência ao Desenvolvimento Criativo (registro FURG n.º 136, registro CAAE 68451717.2.0000.5324), o qual tem por objetivo investigar as condições e os processos associados à liberdade criativa em música e o efeito destas na aprendizagem, no desenvolvimento criativo e na expressividade artística. A partir desse projeto, tem sido desenvolvido uma oficina de música intitulada Liberdade Criativa, a qual propõe uma série de métodos que permitem a identificação e implementação de ações para resolver problemas relacionados à inibição criativa em música.